sexta-feira, 7 de junho de 2013

Muffins salgados de legumes e muitas gatices...


Uma coisa sobre a qual vão ouvir falar muito aqui pelo blog, para além de comidinhas veganas, é sobre os meus gatos, os amores da minha vida.



O mais engraçado de ter dois gatos é observar a diferença marcada de personalidades. São completamente o oposto um do outro!

A minha gata adora andar ao colo...o meu gato odeia, apesar disso é ele quem mais sente necessidade de afecto, dorme comigo todas as noites, tem ciúmes do computador (e por isso arranja sempre maneira de conseguir deixar-se no pouco espaço que existir entre o pc e eu) e segue-me para todo o lado, enquanto a galdériazinha passa a vida na ramboia fora de casa (dou-lhe banho dia sim dia não, porque cada vez que volta, vem toda sujinha!).











 Entre a Cila e o pc... o spot perfeito para cochilar!


O meu gato tem uma certa tendência para o vegetarianismo: se me apanha a fazer salada, não hesita em me roubar uma folha de alface, e não são raras as vezes em que o encontro a mastigar couve ou cascas de cenoura. Para além disso ele adora cebolinho, ao ponto de comer quase todo o cebolinho que tenho em vasos e que uso para cozinhar.
Quando a minha gata começou a passar muito tempo fora de casa, o meu gato, que é caseiro e nunca se aventurou nessas andanças, arranjou um novo companheiro de brincadeiras: um pequeno cãozinho de peluche (que ele herdou da minha cadela, que vive hoje em casa da minha mãe).



 Aquele bonequinho andava perdido pela casa há séculos desde que a minha cadela deixou de frequentar a minha casa, mas foi nele que o meu gato encontrou o melhor amigo. Anda com ele para todo lado: trá-lo para a minha cama na hora de dormir, leva-o para dentro do prato da comida quando vai jantar, e vem trazê-lo à nossa mão quando quer brincar ao "busca", sim, porque no fundo, eu acho que o meu gato acredita que é um cão: para além de brincar ao "busca" (em que lhe jogamos o brinquedo para longe e ele vai buscá-lo de volta para a nossa mão) sem eu nunca sequer lhe ter ensinado, rosna quando ouve movimentações suspeitas no corredor do predio (sério! Rosna mesmo!), e tem uma postura de patrão, como se fosse o chefe da casa (na verdade ele é o único macho da casa, eheh).

"Toma Cila, agora manda para longe que eu quero brincar..."

Por acaso ele nunca estranhou o meu namorado, talvez por o conhecer desde que eu o adoptei, mas a rapariga que mora comigo diz que ele era super ciumento com o ex-namorado dela quando ele vinha cá a casa.
A minha gata adora meter-se dentro de todos os objectos em que ela acha que consegue caber: sacos de compras, caixas, latas, tudo! Ah, e adora brincar com água a sair da torneira. É tão engraçado vê-la a olhar intrigada para o fiozinho de água e depois tentar pegá-lo com a patinha até ficar frustrada.

"Hmmm... Deixa-me mas é dormir dentro deste confortável saco!"

Ah, e já vos contei que ela adora chuchar na minha roupa, eheh.



O meu gato adora observar tudinho: enquanto cozinho fica a vigiar todos os meus passos, como que a confirmar se estou a fazer tudo bem. E o instinto de caçador leva-o muitas vezes a tentar apanhar a setinha do rato no ecrã do pc ou a tentar roubar o nariz ao senhor que apresenta o noticiário na tv.

"Olha um pêxe!"

Beijinho!

Ah, eu amo os meus gatos. E como eu amo estes muffins! 


Foram mais um dos petiscos que fiz para levar para o fim de semana que passei no barco. Óptimos para comer com uma salada, como lanche ou entrada. Ficam superfofos. Apesar de maravilhosos, eu sinto que lhes falta qualquer coisa para que fiquem perfeitos. Ainda não me veio nenhuma ideia à cabeça, do que possa acrescentar para lhes dar mais sabor, mas aceitam-se sujestões!! De qualquer maneira não deixem de experimentar. São muito bons para ter sempre à mão para petiscar!




Para aprox. 20 muffins:

2 chávenas de farinha
2/3 chávenas de água
1 colher de sopa de fermento
1/2 courgette picado
1/2 pimento vermelho picado
1 cenoura pequena ralada
3 colheres de sopa de milho
1 cebola pequena picada
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de café de alho em pó
1 saqueta de tempero italiano
Sal & Pimenta preta
Oregãos & Salsa picada q.b.
Sementes de sésamo

Junte a farinha com a água. Junte os legumes a essa massa, depois o azeite, o fermento e os temperos.
Unte formas de muffins com margarina vegetal ou óleo e encha-as com a massa. Polvilhe a superficie de casa muffin com sementes de sésamo. Leve ao forno a 200ºC até dourar (o que deverá demorar uns 15 minutos).



Dica: experimente também com outros legumes :D


Bem, e quem chegou cá a casa na exacta hora em que os muffins estavam a sair do forno, foi a minha irmã! A provadora/critica oficial das minhas comidinhas foi a primeira a experimentar os muffins e adorou. Diz ela que "sabem a pizza". Estes muffins são...

Sister Approved! :D



1 comentários:

  1. Amei! Você e seus gatinhos são encantadores! Grata pela receita.

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.

© Veggie, com muito gosto!, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena